Governo incentivará grandes empresas a economizarem energia em horário de pico


Proposta visa combater crise hídrica e evitar possíveis problemas, como blecautes e apagões


O governo anunciou nesta segunda-feira, 23, um programa que incentivará indústrias que consomem muita energia a economizar energia em horários de pico em troca de uma compensação financeira. Medida será válida até 30 de abril de 2022.

Os motivos que levou o governo a adotar tal medida são a crise hídrica, esvaziando reservatórios das hidrelétricas, a recuperação econômica levando empresas a produzirem mais e o início da onda de calo, que faz consumir mais energia.

Especialistas alertam o risco de o país sofrer apagões e blecautes, caso governo não tome medidas no fornecimento de energia elétrica. Não está na lista de incentivos os consumidores residenciais e de pequeno comércio, apenas grandes consumidores. Incentivo em dinheiro virão caso a empresa apresente uma economia de 5 megawatt por hora, com duração de 4 a 7 horas por dia, válido por 6 meses.

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) divulgará a grade horária de ofertas mensalmente. Os consumidores que participarem do programa deverão cumprir, pelo menos, 80% da redução de energia proposta para ter direito ao benefício.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

©2021 Deltha Contabilidade - Todos os direitos reservados. | by Cloudbe

× Como podemos te ajudar?

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?