China deixa de comprar carne bovina do Brasil e poderá dar U$ 1,8 bilhões em prejuízo


As vendas caíram 43% em relação ao mesmo período do ano passado; Prejuízo poderá chega a U$ 1,8 bilhão aos pecuaristas


O Brasil é um dos países mais importantes na exportação de carnes para o mundo, tendo a China como principal comprador do nosso país. Mas, recentemente, a China suspendeu a compra de carne bovina do Brasil, diminuindo em 43% as vendas e em 31% as receitas gerais, comparado ao mesmo período do ano passado.

A Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafigo) disse em nota que “as exportações de carne bovina, frescas e processadas movimentaram 109 mil toneladas, gerando uma receita de U$ 541,6 milhões.

A China ainda não posicionou sobre até quando vai manter suspensa a compra do Brasil, caso não volte ainda neste ano, estima-se que os pecuaristas terão um prejuízo de U$ 1,8 bilhão até dezembro, podendo aumentar ainda mais, caso nada seja feito.

O motivo do cancelamento está no diagnóstico de dois casos de Mal da Vaca Louca aqui no Brasil, uma doença perigosa e que pode levar a demência. A China procurou outros compradores para carnes bovinas, habilitando também os frigoríficos do Uruguai, valorizando o valor da carne por lá. Só no mês de setembro, os chineses compraram 132,4 mil toneladas de carne bovina do Brasil. É um importante comprador, não podemos deixar que eles fiquem sem comprar por muito mais tempo.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

Tags:
0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

©2021 Deltha Contabilidade - Todos os direitos reservados. | by Cloudbe

× Como podemos te ajudar?

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?